10/14/2005

o outono. chegou o outono.

vê-o na cores das folhas da mata que o circunda, na plumagem das aves, na danças das folhas antes da morte que nunca é a última porque irão ressurgir em novas plantas, em rebentos novos.

e ela, a que dançava por puro prazer, onde estará agora?

tantas questões se pôe e vai subindo o rio, a montanha de aonde ele desce.

precisa encontrar-lhe a nascente quanto precisaria reencontar a mulher, mas disso, desistiu.


dance by dennis mecham


tanto rodopiou nas águas dela. tantos perigos pensou ele correr, até o de afundar-se. e hoje, que a não vê, nem sabe onde encontrá-la daria tudo pelas águas revoltas que temia.

by Eric Boutillier

olha o rio de cima. está calmo como a água de um cálice largo.

porque será que isso não lhe devolve a paz que procurava?

os lobos continuam a uivar. que histórias contarão que ele não sabe? temeu-os ao chegar. tem agora uma necessidade absoluta de os ver, nem que de longe.

porquê?

mas como há-de saber?! envolto que está numa cascata de água, que nunca soube trazer dentro de si.


by Ansel Adams

11 dicas:

Blogger Daniel Aladiah está¡ dito...

Querida Ferina
Gostei das tuas palavras porque dizem muito, contam uma história...
Um beijo
Daniel

sábado out 15, 12:26:00 da manhã GMT  
Blogger adesenhar está¡ dito...

posso uivar um pouco!

simplesmente deliciosoooooooooooooo.............:)

;)
b.

sábado out 15, 01:14:00 da manhã GMT  
Blogger Furão está¡ dito...

Conheci uma ribeira linda que ora descia em cascatas ora se acalmava em pequenas lagoas no seu percurso. Da última vez que a vi, alguém a subia, numa busca inglória de encontrar na nascente o que perdera na foz...
(de uma maneira ou de outra não o fazemos todos?)
Essa ribeira estava num local onde sobressaía uma linda, quase intemporal pedra branca, como intemporal é a arte, como intemporal é o verdadeiro amor.
Deixei de visitar a pedra, fico feliz por poder agora uivar um pouco. Cheguei tarde, mas sei que estou a tempo.

Obrigado pela visita.

Bjs

sábado out 15, 03:02:00 da tarde GMT  
Blogger romero está¡ dito...

espiero que te quedas bien y continua con eses blog's guapos.
Tb quite de mios contactos:)
beso

sábado out 15, 05:52:00 da tarde GMT  
Blogger M.P. está¡ dito...

Lindas fotos para um texto que nos traz na beleza da palavra a magia da Natureza!! Bom fim de semana!**

sábado out 15, 07:00:00 da tarde GMT  
Blogger batista filho está¡ dito...

... nas pegadas: do viajor e dos lobos...

domingo out 16, 01:41:00 da tarde GMT  
Blogger Lmatta está¡ dito...

O lobo ele conheceu, e com ele soube o que era viver, amar e sonhar.
beijocas gordas

domingo out 16, 08:31:00 da tarde GMT  
Blogger Papo-seco está¡ dito...

:)

segunda out 17, 10:46:00 da manhã GMT  
Blogger Quem sabe... está¡ dito...

"...temeu-os ao chegar. tem agora uma necessidade absoluta de os ver, nem que de longe.

porquê?"

Pelos mistérios...pela sabedoria q eles lhes transmite...quem sabe, eles, não lhe revelariam os seus segredos, do mistério...

bjs salgados...:)***

segunda out 17, 01:03:00 da tarde GMT  
Blogger Lumife está¡ dito...

Não tenho desculpa e por tal nem te peço essa benevolência. Como foi possível não te "ver" aqui no teu estilo inconfundível ?
Só o cansaço que se tem apoderado de mim pode justificar tal falha. Mas prometo sanar esta falta.

Beijos e sê bem-vinda e podes crer que depois da tristeza voltou a alegria.

segunda out 17, 11:00:00 da tarde GMT  
Blogger Um Olhar Sobre... está¡ dito...

As tuas histórias deliciam-me sempre e essa música concede-lhe o "ar" misterioso que precisa para a complementar.

Depois de uns dias fora cá estou eu de novo :)

Beijokas

terça out 18, 08:46:00 da manhã GMT  

Enviar um comentário

<< Home