10/13/2005

a pedra onde tropeçou

e o fez sentar para pensar, não é igual a nenhuma das que viu pelo caminho ou voltará a ver. sabe bem disso o homem.


by Ansel Adams

era uma pedra viva onde se apoiava com a certeza que uma criança pode ter na mãe.
mas perdeu-a. apenas a viu, não a olhou.
parecia tão certa no lugar...

"nunca me tomes como adquirida", dissera ela um dia. não a pedra, a mulher que a pedra por razões obscuras fez lembrar .

ouviu-a, sempre ouvia. mas não soube escutar.

agora, na montanha, subindo o rio, ouve-a claramente. como aos uivos dos lobos na distância.


by John Hyde


com que nitidez ouve o que, durante anos, não entendeu sequer!

"será que os lobos se ouvem? parecem estar agora a conversar. um, mais distante, uiva depois outro responde, a seguir mais espaçado, um coro de uivos parece corroborar... gostava de saber!"

um homem sobe um rio à procura, sem saber bem de quê.

um lobo sobe o mesmo rio sabendo aonde vai.


at www.alanandsandycarey.com

5 dicas:

Blogger romero está¡ dito...

el trayecto de un rio hace siempre piensar el hombre:)
besito

quinta out 13, 02:21:00 da tarde GMT  
Blogger adesenhar está¡ dito...

lobos
pedras
este estilo inconfundível!
hummmmm...
como sou despistado!
será ou não!

:)

quinta out 13, 11:07:00 da tarde GMT  
Blogger batista filho está¡ dito...

Fazer comentário com as palavras em pleno vôo... nunca foi nem será algo simples de fazer (pelo menos para mim)... mas gostei desse novo ingrediente adicionado à trama.
Vamos a ver!

quinta out 13, 11:58:00 da tarde GMT  
Blogger r.e. está¡ dito...

dá vontade de ficar aqui, simplesmente a ler como uivam sabiamente os lobos. beijinho. J.

sexta out 14, 07:38:00 da tarde GMT  
Blogger Quem sabe... está¡ dito...

"será que os lobos se ouvem? parecem estar agora a conversar. um, mais distante, uiva depois outro responde, a seguir mais espaçado, um coro de uivos parece corroborar... "...

Ouvem-se sim....mas eles têm um código, só deles...
É a natureza, na mais pura essência...e para um humano la "penetrar" terá que pacientetemente, anos até cativar estes seres fascinantes....mas sempre mt atentos e cautelosos...eles protegem-se, são uma matilha, são unidos, assim como solitários....mas qd um deles se fere, o outro....pelo uivo de desespero, corre em sua busca...

bjs salgados :)***

P.S. estou a adorar, e só comento com beijo, como has-de compreender, q para me expressar se torna bem mais fácil....;)

segunda out 17, 12:54:00 da tarde GMT  

Enviar um comentário

<< Home