10/19/2005

tinha chovido pela noite

as gotas de água ainda brincavam com o sol nas folhas de outono. os animais chapinhavam em poças. ele nem a chuva sentira.

Caleb John Clark

olhava agora a frescura trazida e a animação que o outono apesar de sereno, tem consigo. coisas de morte e renascer.

os lobos teriam saído para beber. deles só viu o rasto de fartura ainda. o inverno se encarregaria de endurecer a vida para a matilha.

os corvos tinham agora o seu quinhão.

nada se perde na natureza nada. só nós desperdiçamos. só os homens.

Caspar David Friedrich


uma das frases da mulher. sentia bem como ela o acompanhava na subida. como se fosse ela a indicar-lhe os trilhos. ela a guiá-lo. ela a chamá-lo.

esperança tola. tu a chamares? tu de quem fui as sobras, o desperdício da fartura.

raios! estou com pena de mim. não gosto disso, além de que é mentira. há tempo já que o hábito vencera a paixão. não dei por isso. acostumei-me só.


Bolk Paul

foi até fácil: o trabalho, os amigos, o tempo a meu favor e tu esperavas. tu esperavas-me sempre e a sorrir.

não penso mais em ti. não quero. tantos corpos passaram já por mim depois do teu!

quantas almas estarão como a minha, difusas? diluídas na ilusão que transmiti até à hora de, por não seres tu, partir sem as olhar sequer?

eu fiz sofrer! vinguei-me! mas não queria. queria-te e queria a paz que me oferecias sempre.

Arlene Hand Sreven Gelberg

tinhas mãos de pluma. que planta que não eu, acaricias hoje?

tenho ciúmes das flores qure te cercarem, dos esquilos que alimentares como fazias. tenho ciúmes do mar aonde dizem que foste, aonde nadas.


Eolake Stobblehouse,

eu sou o ciúme de ti!

6 dicas:

Blogger adesenhar está¡ dito...

tinha chovido!
:)
vou ler logo com mais tempo :)

fico aqui para ajudar o náufrago a recompor-se :)
talvez tenha engolido água... e eu tenho curso de 1ºs socorros :)

bjks
;)

quarta out 19, 02:27:00 da tarde GMT  
Blogger Furão está¡ dito...

Em cada "uivo" teu, sensações de "morte e renascer".
Estarei também com pena de mim? Não.
Nada se perde, nem a pena, nem mesmo o ciúme.

É Outono...

Bjs

quarta out 19, 04:06:00 da tarde GMT  
Blogger lique está¡ dito...

Essa "companhia dos lobos" sempre presente, esse paralelo com a natureza é um dos grandes atractivos deste conto... vai ser um conto? :) Beijinhos

quarta out 19, 04:11:00 da tarde GMT  
Blogger M.P. está¡ dito...

É singular esta maneira de expor! O lado animal do ser humano fica mais latente. Contudo o Sentimento está tão presente que parece que o Lobo é Homem! Escolhes sempre fotos belíssimas! :)**

quarta out 19, 09:08:00 da tarde GMT  
Blogger batista filho está¡ dito...

:)
vamos nessa!
... sem pressa.

quinta out 20, 01:14:00 da manhã GMT  
Blogger Aromas Do Mar está¡ dito...

Bom dia!

Ora cá vim eu ler mais um pedaço deste conto, acrescentando-lhe muitos pontos :)

Beijo

quinta out 20, 08:38:00 da manhã GMT  

Enviar um comentário

<< Home